domingo, 9 de outubro de 2011

Novembrada



Presidente João Figueiredo e governador
 Jorge Bornhausen rindo da cara dos manifestantes,
na sacada do Palácio Cruz e Souza.
A Novembrada foi uma grande manifestação contra a Ditadura Militar no Brasil, que aconteceu no município de Florianópolis, no dia 30 de novembro de 1979.Em 1979 o país estava no auge da repressão do regime militar. Várias pessoas presas, torturadas e mortas com o discurso de ordem que se instaurava no país. Naquele ano, o governo de Santa Catarina, chefiado pelo governador Jorge Bornhausen (nomeado pela ditadura, sendo o termo para isso "governador biônico"), anunciou a visita do presidente da república, o general João Baptista Figueiredo. Na preparativa à visita presidencial, até chegou-se a compor um samba em homenagem ao presidente, intitulado Samba da Conciliação, de autoria do compositor Luis Henrique.


A ousadia do presidente foi tamanha: mandou de presente uma placa de bronze em homenagem aos 90 anos da Proclamação da República, referenciando na placa a figura de Floriano Peixoto, patrono da cidade. Porém, o povo possui memória histórica: em 1894, durante a Revolução Federalista, Floriano Peixoto mandou fuzilar centenas pessoas na fortaleza de Anahatomirim (Norte da Ilha), que faziam oposição ao regime republicano, mudando então o nome da cidade de Desterro para Florianópolis.
Mas o DCE (Diretório Central dos Estudantes) da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) não deixou por menos essa agressão moral ao povo. Organizou um protesto contra a ditadura justamente no dia marcado para a visita do presidente: 30 de novembro.
Os estudantes, juntamente com outros militantes de movimentos sociais, ficaram aguardando em frente do  Palácio Cruz e Souza (na época sede do governo, hoje um museu), a recepção do presidente pelo governador. O protestou eclodiu fortemente, com cartazes e gritos.
O presidente seguiu com sua comitiva ao bar Senadinho, ali próximo. Porém, o que se viu foram os estudantes cercando o presidente, além de uma rebelião generalizada na cidade. A comitiva do presidente, após fugir dos protestos, foram para a cidade de Palhoça, seguindo depois para Brasília.
Dias depois, algumas pessoas foram presas, dentre elas Marize Lippel, Amilton Alexandre ("Mosquito"), Ligia Giovanella e Adolfo Dias, todos ligados ao DCE catarinense. Porém, devido a manifestação popular, foram soltas no dia 12 de dezembro do mesmo ano.

O episódio da Novembrada levanta algumas questões fundamentais:
* Por que atualmente os movimentos sociais e a população tornou-se tão passiva frente às injustiças?
* Pessoas como Jorge Bornhausen, que apoiavam a ditadura, ainda participam ativamente da vida política. Como explicar isso?
* Quais atuais questões do seu município necessitariam de uma manifestação para nossos governantes acordarem?

Veja também:
- A Novembrada de 1979, por Andrio Cardoso Pereira
- MIGUEL, Luis Felipe. Revolta em Florianópolis: a Novembrada de 1979. Florianópolis: Insular, 1995.

9 comentários:

  1. E aí Nahor,
    eu estava comentando com o meu pai sobre a Novembrada e ele disse que chegou a ser convidado a participar, porém não foi.
    Gostei muito desse artigo, Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Luiz Felippe Schlickmann 9º B
    Dae Nahor
    Gostei muito do artigo, pois ele relata não só o que aconteceu no dia 30 de novembro de 1979, mais também a posição do povo e de João Figueredo em relação ao momento, e a reação dos mesmos depois dos atos ousados do presidente, do qual não foi muito bem recebido pela população neste dia em que Florianópolis deu um banho de cidadania.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Falaa Nahor:
    gotei muito da reação do povo de Floripa em relaçao ao presidente do Brasil João Figueiredo(Vagabundo,Safado) e a Ditadura Militar, que ainda aterrorizava o povo do Brasil.Gostei muito desse evento que ocorreu no município de Florianópolis, no dia 30 de novembro de 1979 e que mudou a historia do Brasil
    abraços!

    Vinicius 9ºB

    ResponderExcluir
  4. Este conteúdo respectivo à novembrada me fez de algum jeito existente bem.

    Enquanto à reação da população contra o João Figueiredo,foi que nem os soldados e a população durante a crucificação de cristo,estavam preocupados,mas com uma raiva interior enormemente grande.

    Bom,resumindo,este evento ocorrido aqui em Santa Catarina e mais especificamente em Florianópolis,foram,como o nosso querido Nahor disse,uma sucessão de erros que culminou numa explosão de violência.

    Muito bom,espero ler mais artigos recheados de conteúdos que tem de tudo a ver com nosso conteúdo e assim aprendermos mais e mais.

    Abraços.

    Eduardo Guardiano 9ºB

    ResponderExcluir
  5. nahor vc é mto lindo como eu te amo gostosao

    ResponderExcluir
  6. nahor isso ta errado deverias ler mais a veja...

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo blog nahor, gosto muito de suas aulas, e acho q colocar o conteudo da novembrada no blog foi otimo, fez com q eu aprendesse melhor

    Otávio 9ºB

    ResponderExcluir
  8. Muy bien Nahor, muy bien por la gente de Floripa,en esa época y ahora, ojalá ejemplos como éste no se olviden y sirvan para continuar construyendo un mundo mejor.

    ResponderExcluir